Total de visualizações de página

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

PERSEVERANÇA

Felizes aqueles que caminharem até o fim; felizes aqueles que perseverarem - eles encontrarão o segredo que a ciência não revela senão pouco a pouco àqueles que trabalham incessantemente!
Caros discípulos, quantas vezes ainda sois assolados pela dúvida, quantas lutas interiores não vos fazem suportar com o preconceito, com o erro terrestre? Quantas vezes ainda vos questionais com angústia se estais com a verdade? Contudo, sois espíritas, convictos, devotados, sinceros!
Isso vos prova que nada sobre a Terra é absoluta e definitivamente resolvido, isso vos prova que é preciso continuar o trabalho iniciado por outros, depurá-lo ainda, aprender melhor vossa doutrina a fim de vê-la um dia serena e triunfante.
Não vos iludais, amigos, o trabalho não está senão esboçado, e é a vós em primeiro lugar, é àqueles que vos sucederão, dado continuá-lo e aperfeiçoá-lo. Para que os traços do trabalho resistam, é preciso que sejam irrigados com suor; espíritas, lembrai-vos disso.
Como os navegadores nos mares polares, vos sentireis mais de uma vez ainda rodeados por esse frio, por esses gelos que se chamam a incerteza e a dúvida, vos crereis enganados, vos questionareis sobre a verdade; mas então, meus amigos, orareis, e um pequeno raio virá dissolver o gelo e fazer disaparecer o obstáculo; trabalhareis, e saireis vitoriosos da luta; amareis, e vosso querido navio entrará novamente nas águas calmas e aquecidas pelo Sol!
Coragem, então, espíritas, se para alguns de vós parece de tempos em tempos que o dia está nebuloso, que haja tranquilidade; a luz, a fé, a esperança não tardarão a se mostrar novamente para reconfortar e reanimar o trabalhador perseverante!
Em verdade, eu vos digo, debruçai-vos com frequência sobre vós mesmos, ouvi a voz interior, elevai vossa alma, orai, praticai as virtudes ensinadas por vossas crenças e o resto vos será dado por acréscimo!
Compreendei bem: a vida futura é uma recompensa, ela será a cota dos perseverantes e dos fortes!
Allan Kardec.
(Mensagem recebida psicograficamente pela médium Mme. W. KRELL (**) em agosto de 1874 e publicada no livro "Esplendores da Vida Espiritual")
(*) Tradução livre do original postado em: http://spirite.free.fr/ouvrages/rayonnements/rayon.htm
(**) Mme. Krell foi uma das médiuns bastante utilizadas por Allan Kardec, enquanto encarnado, embora residisse na cidade de Bordeaux e não em Paris.