Total de visualizações de página

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Efeitos Físicos e o Espiritismo


Pluralidade dos mundos habitados


O desdobramento espiritual dos últimos acontecimentos no planeta


DESDOBRAMENTO ESPIRITUAL-PARTE 2



CIÊNCIA EXPLICA DESDOBRAMENTO.

DESDOBRAMENTO ll

Todos as noites de nossa vida em que conseguimos dormir, realizamos o que o espiritismo chama de desdobramento, ou seja, nosso espírito se liberta do corpo físico, que descansa, e nessa libertação "retorna" ao seu habitat natural. Esse desdobramento também acontece em outras situações como hipnose, meditação, traumas violentos, anestesia... mas nosso foco hoje é o desdobramento induzido pelo sono.


O que faz o espírito nesses momentos?

No livro dos espíritos, codificado por Allan Kardec, vemos no capítulo VIII, na parte que fala sobre a emancipação da alma essas duas questões :



O sono e os sonhos

400. O Espírito encarnado permanece de bom grado no seu envoltório corporal?



“É como se perguntasses se ao encarcerado agrada o cárcere. O Espírito encarnado aspira constantemente à sua libertação e tanto mais deseja ver-se livre do seu invólucro, quanto mais grosseiro é este.”



401. Durante o sono, a alma repousa como o corpo?



“Não, o Espírito jamais está inativo. Durante o sono, afrouxam-se os laços que o prendem ao corpo e, não precisando este então da sua presença, ele se lança pelo espaço e entra em relação mais direta com os outros Espíritos. ”



Aliada a essas informações trazidas por Kardec, Chico Xavier e Divaldo Pereira Franco, são ricos em dados sobre o desdobramento. Durante esses momentos do sono obtemos o que procuramos durante o dia, ou seja, podemos aproveitar nossas noites em companhia dos mentores e amigos espirituais, assim como podemos nos transportar para regiões infelizes do astral inferior, onde nos localizamos por afinidade energética. Em uma ou outra ocasião colhemos os frutos de nossas ações, obtendo nessas regiões de ventura ou de sofrimento, o que procuramos.

Uma analise mais séria, nos indica que se tivessemos o hábito de treinar o desdobramento viveríamos de forma muito mais tranquila.

Uma oração antes de dormir, com um pedido sincero de proteção, nos livraria de muitas dificuldades que nos mesmos criamos. A questão é que como pedirmos uma coisa a noite enquanto fazemos o oposto o dia inteiro ?

A nossa saída do corpo durante a noite pode ser direcionada pela ação da nossa vontade sincera, dessa forma podemos participar de aulas, cursos, tratamentos espirituais, aproveitando também nossas noites para nosso desenvolvimento espiritual.

É o nosso livre arbítrio operando novamente. Basta escolhermos o caminho mais curto.



Abaixo segue trecho do grade escritor Victor Hugo, retirado do livro, os trabalhadores do mar, onde ele fala sobre o desdobramento de forma maravilhosamente poética :

...O sono está em contato com o possível, que também chamamos o inverossímel. O mundo noturno é um mundo. A noite é um universo. O organismo material humano, sobre o qual pesa uma coluna atmosférica de 15 léguas de altura, chega a noite fatigado, cai de fraqueza, deita-se, repousa; fecham-se os olhos da carne; então, naquela cabeça adormecida, menos inerte do que se crê, abrem-se outros olhos, aparece o desconhecido. As coisas sombrias do mundo ignorado tornam-se vizinhas do homem ou porque haja verdadeira comunicação, ou porque as distâncias do abismo tenham crescimento visionário; parece que as criaturas invisíveis do espaço vem contemplar-nos curiosas a respeito da criatura da terra; uma criação fantasma sobe ou desce para nós, no meio de um crepúsculo; ante a nossa contemplação espectral, a vida que não é a nossa agrega-se e dissolve-se, composta de nós mesmos e de um elemento estranho; e aquele que dorme, nem completo vidente, nem completo inconsciente, entrevê as animalidades estranhas, as vegetações extraordinárias, as cores lívidas... todo esse mistério a que chamamos sonho e que não é mais do que a aproximação de uma realidade invisível. O sonho é o aquário da noite.

DESDOBRAMENTO ESPIRITUAL - OPINIÕES

Aluney Elferr Albuquerque Silva


Durante o sono o Espírito desprende-se do corpo; devido aos laços fluídicos estarem mais tênues. A noite é um longo período em que está livre para agir noutro plano de existência. Porém, variam os graus de desprendimento e lucidez. Nem todos se afastam do seu corpo, mas permanecem no ambiente doméstico; temem fazê-lo, sentir-se-iam constrangidos num meio estranho (aparentemente).

Outros movimentam-se no plano espiritual, mas suas atividades e compressões dependem do nível de elevação. O princípio que rege a permanência fora do corpo é o da afinidade moral, expressa, conforme a explanação anterior, por meio da afinidade vibratória ou sintonia.

O espírito será atraído para regiões e companhias que estejam harmonizadas e sintonizadas com ele através das ações, pensamentos, instruções, desejos e intenções, ou seja, impulsos predominantes. Podendo assim, subir mais ou se degradar mais.

O lúbrico terá entrevistas eróticas de todos os tipos, o avarento tratará de negócios grandiosos (materiais) e rendosos usando a astúcia. A esposa queixosa encontrará conselhos contra o seu marido, e assim por diante. Amigos se encontram para conversas edificantes, inimigos entram em luta, aprendizes farão cursos, cooperadores trabalharão nos campos prediletos, e, assim, caminhamos.

Para esta maravilhosa doutrina, conforme tais considerações, o sonho é a recordação de uma parte da atividade que o espírito desempenhou durante a libertação permitida pelo sono. Segundo Carlos Toledo Rizzini, interpretação freudiana encara o sonho como apontando para o passado, revelando um aspecto da personalidade.

Para o Espiritismo, o sonho também satisfaz impulsos e é uma expressão do estilo de vida, com uma grande diferença: a de não se processar só no plano mental, mas ser uma experiência genuína do espírito que se passa num mundo real e com situações concretas. Como vimos, o espírito, livre temporariamente dos laços orgânicos, empreende atividades noturnas que poderão se caracterizar apenas por satisfação de baixos impulsos, como também, trabalhar e aprender muito. Nesta experiência fora do corpo, na oportunidade do desprendimento através do sono, o ser, poderá ver com clareza a finalidade de sua existência atual, lembrar-se do passado, entrevê o futuro, todavia a amplitude ou não dessas possibilidades é relativa ao grau de evolução do espírito.

Preparação para o Sono

Verificando o lado físico da questão, vamos ver a importância do sono, pelo fato de passarmos 1/3 de nosso dia dormindo, nesta atividade o corpo físico repousa e liberta toxinas. Para o lado espiritual, o espírito liga-se com os seus amigos e intercambia informações, e experiências.

Façamos um preparo para o nosso repouso diário:

Orgânico – refeições leves, higiene, respiração moderada, trabalho moderado, condução de nosso corpo quanto a postura sem extravagâncias.

Mental Espiritual – leituras edificantes, conversas salutares, meditação, oração, serenidade, perdão, bons pensamentos.

Todavia não nos esqueçamos que toda prece se fortifica com atos voltados ao bem, pois então, atividades altruístas possibilitam uma melhor afinidade com os bons espíritos.

Desdobramento

É o nome que se dá o fenômeno de exteriorização do corpo espiritual ou perispírito.

O perispírito ainda ligado ao corpo, distancia-se do mesmo, fazendo agora parte do mundo espiritual, ainda que esteja ligado ao corpo por fios fluídicos. Fenômenos estes, naturais que repousam sobre as propriedades do perispírito, sua capacidade de exteriorizar-se, irradiar-se, sobre suas propriedades depois da morte que se aplicam ao perispírito dos vivos (encarnados).

Os laços que unem o perispírito ao corpo temporal, afrouxam-se por assim dizer, facultando ao espírito manter-se em relativa distancia, porém, não desligado de seu corpo. E esta ligação, permite ao espírito tomar conhecimento do que se passa com o seu corpo e retornar instantaneamente se algo acontecer. O corpo por sua vez, fica com suas funções reduzidas, pois dele foram distanciados os fluidos perispirituais, permanecendo somente o necessário para sua manutenção. Este estado em que fica o corpo no momento do desdobramento, também depende do grau de desdobramento que aconteça.

Os desdobramentos podem ser:

a) conscientes : Este, caracteriza-se pela lembrança exata do ocorrido, quando ao retornar ao corpo o ser recorda-se dos fatos e atividades por ele desempenhadas no ato do desdobramento. O sujeito é capaz de ver o seu “Duplo”, bem próximo, ou seja, de ver a ele mesmo no momento exato em que se inicia o desdobramento. Facilmente nestes casos, sente-se levantando geralmente a cabeça primeiramente e o restante do corpo, depois. Alguns flutuam e vêem o corpo carnal abaixo deitado, outros vêem-se ao lado dos corpos, todavia esta recordação é bastante profunda e a consciência e altamente límpida neste instante. Existe uma ligação ainda profunda dos fluidos perispirituais entre o corpo e o perispírito, facilitando assim, as recordações pós-desdobramento.

b) inconscientes: Ao retornar o ser de nada recorda-se. Temos que nos lembrar que na maioria das vezes a atividade que desempenha o ser no momento desdobrado, fica como experiências para o próprio ser como espírito, sendo lembrado em alguns momentos para o despertar de algumas dificuldades e vêem como intuições, idéias.

Os fluidos perispirituais são neste caso bem mais tênues e a dificuldade de recordação imediata fica um pouco mais árdua, todavia as informações e as experiências ficam armazenadas na memória perispiritual, vindo a tona futuramente.

Em realidade a palavra inconsciente, é colocada por deficiência de linguagem, pois, inconsciência não existe, tendo em vista o despertar do espírito, levando consigo todas as experiências efetivadas pelo mesmo, então colocamos a palavra inconsciente aqui, é somente para atestarmos a temporária inconsciência do ser enquanto encarnado.

c) voluntários: Se a própria pessoa promove este distanciamento. Analisemos algo bastante singular, nem todos os desdobramentos voluntários há consciência, pois como dissemos acima poderão haver algumas lembranças do ocorrido, existem ainda muitas dificuldades, no momento em que o espírito através de seu perispírito aproxima-se novamente de seu corpo, pela densidade ainda dos órgãos cerebrais é possível haver bloqueio dessas experiências. É necessário salientar que o ser encarnado na terra, ainda se encontra distante de controlar todos os seus potenciais, e por isso também há este esquecimento. Haja vista, algumas pessoas até provocarem o desdobramento e no momento de consciência terem medo e retornarem ao corpo apressadamente, dificultando ainda mais a recordação.

Os desdobramentos podem também ocorrer nos momentos de reflexões, onde nos encontramos analisando profundamente nossos atos e cuja atividade nos propicia encontrar com seres que nos querem orientar para o bem, parte de nosso perispírito expande-se e vai captar as experiências e orientações devidas.

d) provocados: Através de processos hipnóticos e magnéticos – Apometria -, agentes desencarnados e encarnados podem propiciar o desdobramento do ser encarnado. Os bons Espíritos podem provocar o desdobramento ou auxiliá-los sempre com finalidades superiores. Mas espíritos obsessores também podem provocá-los para produzir efeitos malefícios. Afinizando-se com as deficiências morais dos desencarnados, propiciamos assim, uma maior facilidade para que os espíritos mal-feitores possam provocar o desligamento do corpo físico atraindo o ser encarnado para suas experiências fora do corpo. A lei que exerce esta dependência é a de afinidade.

e) emancipação Letárgica: Decorre da emancipação parcial do espírito, podendo ser causada por fatores físicos ou espirituais. Neste caso o corpo perde temporariamente a sensibilidade e o movimento, a pessoa nada sente, pois os fluidos perispiríticos estão muito tênues em relação a ligação com o corpo. O ser não vê o mundo exterior com os olhos físicos, torna-se por alguns instantes incapaz da vida consciente. Apesar da vitalidade do corpo continuar executando-se.

Há flacidez geral dos membros. Se suspendermos um braço, ele ao ser solto cairá.

e) emancipação Cataléptica: Como acima, também resulta da emancipação parcial do espírito. Nela, existe a perda momentânea da sensibilidade, como na letargia, todavia existe uma rigidez dos membros. A inteligência pode se manifestar nestes casos. Difere da letárgica, por não envolver o corpo todo, podendo ser localizado numa parte do corpo, onde for menor o envolvimento dos fluidos perispirituais.



terça-feira, 30 de agosto de 2011

DIVULGAÇÃO ESPÍRITA

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Prece do Servidor



Na voz de Chico Xavier

Prece do Servidor Chico Xavier


Somente hoje - Chico Xavier

Hoje a luz do presenteDia como este dia


Em toda a vida

Terás este somente

Recorda isso

E atende todo o bem que desejes fazer

Prestação de serviço em socorro de alguém

Atenção no dever

Felicidade e paz

Esperança e carinho

Que aspires a plantar em lances do caminho

Alegria, favor,

Dádivas que pretendas ofertar

Relações que precisas recompor

Gentilezas no lar

Trabalho, o mais singelo e aquele que mais custe revisão, reajuste, corrigenda, perdão, provas de estima e consideração

Apoio espiritual em simples frases nas tarefas que abraces e abenções

Que nada disso atrases, nem deixes que fazer para depois

Por que o tempo não volta

Contando sempre aquilo que se fez

E dia igual a hoje, só terás uma vez."

(Chico Xavier)





Estudo sobre o livro Luz Imperecível com Haroldo Dutra Dias


Entre a Terra e o Céu - Haroldo Dutra Dias - Parte 5 de 5




parte dois

Entre a Terra e o Céu - Haroldo Dutra Dias - Parte 1 de 5


Primeiro Curso Superior de Espiritismo no País

Começa a funcionar no ano que vem o primeiro curso superior de Teologia Espírita do Brasil. O estudo da Doutrina dos Espíritos, codificada pelo educador e pesquisador francês Alan Kardec (1804-1869) há um século e meio, não será mais exclusividade dos Centros Espíritas espalhados pelo País. A partir do


ano que vem os adeptos da doutrina poderão estudá-la, com direito a diploma, beca e tudo o mais que uma graduação universitária dá direito. Foi o que decidiu o Ministério da Educação ao autorizar em setembro o funcionamento do primeiro curso de bacharelado em Teologia Espírita do Brasil, que será ministrado na Faculdade Dr. Leocádio José Correia, em Curitiba (PR). “A idéia do curso é formar não só bacharéis, mas também pesquisadores do Espiritismo”, diz Maury Rodrigues da Cruz, presidente da Sociedade Brasileira de Espiritismo e idealizador do curso de quatro anos.



As inscrições para o vestibular estarão abertas até 13 de dezembro e os candidatos que disputarão as 100 vagas oferecidas terão de passar também por uma entrevista com especialistas. “É uma forma de avaliarmos melhor os interessados, assegurando o ingresso de pessoas realmente comprometidas com a pesquisa”, explica Cruz



As bases da doutrina são a crença num Deus Único, criador de todo o Universo, e na imortalidade do espírito, que evolui sempre, por meio de várias encarnações.



Um dos objetivos do curso é a análise do espiritismo em suas linhas religiosa, filosófica e científica. A existência da alma, sua sobrevivênciaao transe da morte e os fenômenos mediúnicos compõem um universo ainda pouco estudado nas rodas acadêmicas.



“É preciso dar massa crítica e espírito investigativo à obra de Kardec”, analisa Cruz. Nicete Bruno, espírita desde a juventude, aprova a criação da universidade. “No âmbito coletivo, o estudo dos fundamentos espíritas contribuirá para desmistificar muitos aspectos do espiritismo. E quem se habilitar a fazer a faculdade com certeza ganhará muito em autoconhecimento”, afirma a atriz.



O espiritismo surgiu na França no século XIX e tem no Brasil hoje sua maior comunidade. Segundo o último censo do IBGE são 2,34 milhões de adeptos. Como se estima que os espíritas assumidos em todo o planeta não passem de 15 milhões, pode-se dizer que o Brasil é o país do espiritismo. Foi também em solo brasileiro que viveu Francisco Cândido Xavier (1910-2002), considerado o mais produtivo médium espírita. Em sua longa vida, Chico Xavier, como era conhecido, psicografou 418 títulos sob inspiração do espírito Emmanuel. Seus livros correram o mundo e chegaram ao volume de 25 milhões de exemplares

vendidos.



Não pensem os mais afoitos, no entanto, que a escola é uma versão brasileira de Hogwarts, a escola de formação de bruxos dos livros e filmes de Harry Potter, personagem criado pela britânica J.K.Rowling.



A essa turma, o criador do curso Maury da Cruz manda um recado: “Não vamos formar bruxos, videntes ou médiuns, muito menos ensinar a ver fantasmas”, brinca ele.



TUA HORA DE HUMILDADE


Se ainda te observas distante de viver a humildade continuamente em todas as horas do dia, podes vivê-la uma hora diária pelo menos...



Traça o teu programa diário de humildade iniciante. Escolhe uma hora dentre as horas de cada dia a fim de afeiçoares os próprios sentimentos, exercitando a maior conquista do espírito: a humildade.



Que nessa hora te despreocupes da pressa, da convenção, do calculismo, das inquietações contumazes e de ti mesmo, para que te adestres no sacrifício, na indulgência desinteressada, na solicitude fraterna e na cooperação espontânea.



Será essa a tua hora de procurar o último lugar, a hora de te apagares para que se eleve o brilho dos outros...



Em tua hora de humildade constituir-te-ás em médium do amor de Cristo entre os homens; será, especialmente, o servidor de todos, o irmão comum, a partícula viva e anônima que se funde no todo da Humanidade, sem qualquer amor-próprio ou interesse pessoal.



Que olvides, nesse lapso de tempo, toda tisna de vaidade, todo propósito de personalismo e até as mínimas excitações acerca do futuro para viver o presente, o dia que flui, os momentos de teu serviço puro!



Nessa hora sê bom acima de ti, acima de tudo, acima de tuas próprias vantagens, para que teus sorrisos abram outros sorrisos, para que tua palavra confiante semeie outras palavras de esperança, para que tua vontade de acertar alicie outras vontades para a renovação maior.



Anula nesses sessenta minutos a tensão emocional a respeito de títulos, condições sociais, inclusive a censura a ti próprio, no que tange à defesa do teu lugar ao sol...



Que a tua hora de humildade seja cultivada esmeradamente, cada dia, nos lugares em que deva ser exercida para favorecer-te a ascensão espiritual, seja no escritório, na via pública, no entendimento entre amigos ou na intimidade do lar...



Que nesse interregno respires acima de todas as conveniências individuais, fazendo maiores concessões ao próximo, superando o temperamento, procurando usar mais ampla docilidade com quem te não compreende, buscando acertar onde ninguém ainda o conseguiu, diligenciando efetuar os mais difíceis serviços de fraternidade, testemunhando o bem na escala que ainda não pudeste e relembrando que o teu corpo, em dia próximo, regressará, inelutavelmente ao pó de onde veio.



Recebe no coração a visita do Senhor, ainda que por breves minutos durante o dia.



Começa a ser humilde, abolindo todo desculpismo e conquistando o tempo necessário para a tua hora de humildade e acabarás incorporando em ti mesmo os valores supremos do benfeitor maior que, na conceituação do Cristo, será sempre aquele que se fizer o servidor de todos.




EXCELENTE ARTIGO PARA REFLEXÃO

Muito interessante o texto. Nos faz refletir como o convívio pessoal, o bate-papo “cara a cara” e a presença real são tão importantes para as relações. E esquecemos disso com tanta tecnologia móvel a nossa disposição. Mas, devemos ter em mente que as relações virtuais devem ser um complemento, e não uma substituição às verdadeiras relações, contatos e conversas que se dão de forma presencial.






Solidão coletiva, aplacada pelas relações virtuais das redes sociais



A telefonia celular e suas facilidades, mobilidade, conectividade, acessibilidade e outras “dades” está mudando a maneira das pessoas se relacionarem.

Cena 1 Comum no restaurante. Um casal sentado, um na frente do outro, cada um com seu smartphone, enviando e recebendo mensagens compulsivamente. Um sorriso ou outro brota no rosto de cada um ao receber uma mensagem.

A refeição chega, a fisionomia de alguma alegria desaparece. Enquanto observadora, fiquei com a impressão de que as trocas de mensagens eram mais interessantes do que a companhia ali na sua frente. A refeição termina, sem que o casal tenha trocado não mais que duas ou três frases. Pedem a conta, sem demonstrarem qualquer alegria pelo encontro, pela refeição, pela companhia e vão embora como se a obrigação tivesse terminado.

Cena 2 No elevador, abre-se a porta e dentro há três pessoas, todas olhando seus celulares. Para provocar, digo: “Boa tarde!”. Claro que não obtenho nenhuma resposta. Fiquei com a impressão que as pessoas de verdade não são interessantes.

Cena 3 De carona com amigos. O telefone do motorista foi colocado no console à sua frente e era consultado de minuto em minuto. Não, não havia mensagem chegando, o telefone não vibrava, não apitava, não acendia. Mas e se tivesse tocado e ele, não tivesse notado nos últimos 30 segundos? Teria alguém me procurado nos últimos 30 segundos?

Não, ninguém ligou ou enviou mensagem ao meu caronista em horas, mas a checagem era obrigatória. Dava aflição, pois os olhos não ficavam nem na rua e no colega ao lado, mas era hipnotizado pelo telefone, que não dava sinal de vida.

As pessoas estão sendo consumidas pelos celulares. Andam nas ruas olhando para o aparelho e movendo os dedos freneticamente na compulsão de enviar ou responder mensagens. O que não quer dizer também que estejam se comunicando melhor.

O sucesso do Twitter é até explicável. Passe sua mensagem. Rápido. Até 140 caracteres. Não seja profundo. Seja rápido, não fale demais.

Estamos nos adaptando às novas tecnologias e deslumbrados com tanta conectividade. Precisamos aprender que as facilidades servem para melhorar nossa qualidade de vida e não para que sejamos escravos e dependentes dela.

Há uma espécie de solidão coletiva, aplacada pelas relações virtuais das redes sociais. Uma intimidade aparente e geralmente superficial que talvez não resista a três ou quatro encontros reais, com gente de verdade.

Com gente de verdade não dá para colocar uma placa de ocupado ou ausente. Não dá para desplugar ou fingir que não viu ou não ouviu. Gente de verdade exige atenção, percepção. Gente sente.



Adriana Gomes




"O melhor grupo não é aquele

que reúne membros perfeitos,

mas aquele onde cada um aceita

os defeitos do outro e

consegue perdão

pelos próprios defeitos."







domingo, 28 de agosto de 2011

ARTIGOS PUBLICADOS

ATENÇÃO!


Disse Jesus:

"Dai gratuitamente o que gratuitamente haveis recebido.



O “NADA” E A “SORTE” EXPLICAM O UNIVERSO?



A cada desvendar científico sobre o infinito Cosmo, assinala-se a certeza de que o Universo oferece enigmas maiores e mais profundos sobre sua verdadeira essência, transtornando a inteligência acadêmica. Se analisarmos, com serenidade, a rica história da evolução da Física, descobriremos que já houve diversos momentos em que se imaginou ter ela (a pesquisa científica) se esgotado, ou seja, nada mais havendo o que desvendar.



CONCISA EXPLANAÇÃO A PROPÓSITO DESSA TAL FELICIDADE



O pesquisador inglês Richard Layard (1) escreve sobre a dificuldade que a ciência atual encontra para pronunciar-se a propósito da felicidade e de como obtê-la. Para ele “a "ciência acadêmica" é muito eficiente em lidar com as coisas físicas e com o controle da natureza. Mas o que se relaciona à "alma humana", ou ao "espírito humano", é muito diverso, pois para a ciência cartesiana, pessoas são resultados de processos ainda não completamente entendidos do cérebro, com corpos e comportamentos ditados por suas disposições genéticas, e tudo o que são, ou expressam, resulta de suas interações com o ambiente e de seus próprios arranjos ou desarranjos biológicos.” (2)





ABORTO, UMA PRÁTICA IMPIEDOSA

Os matadouros de bebês estão espalhados na sociedade (clínicas clandestinas) como hediondos balcões de trucidamento de nenéns. Seus donos estão endinheirados na Terra, no entanto indigentes ante o Código Divino. Entre 1995 e 2007, “a curetagem depois do procedimento de aborto foi a cirurgia mais realizada pelo SUS: 3,1 milhões de registros, contra 1,8 milhão de cirurgias de correção de hérnia.”(1) Isso significa um trágico impacto na saúde pública de nosso país. Inexiste lei atual que identifique de imediato o abominável aborto realizado nos redutos domésticos.


MENSAGEM DE AMOR


Livro: Caminhos da Sabedoria
Autor: Ubiratan Rosa
Não seja radical, extremista, "dono da verdade".
Diz o povo:
"Nem tanto ao mar, nem tanto à terra."
Os budistas recomendam o "Caminho do Meio". Os antigos latinos diziam: "a virtude está no meio".
Antes de saber com certeza, antes de impor sua verdade, consulte os especialistas, ore a DEUS, aos santos, aos anjos, aos espíritos, para o ajudarem e tornem muito humilde o seu coração.
E seja flaxível. Se preciso, mude de opinião. Reconsidere seu ponto de vista.
A vida não é estática, quer dizer: não está parada. É dinâmica, está em incessante mutação: sempre que necessário, muda.
Imite a vida.

MEIMEI

Onde estiveres, seja onde for, não olvides estender o sorriso, por oferta sublime da própria alma.

Ele é o agente que neutraliza o poder do mal e a oração inarticulada, que inibe a extensão das trevas.

Com ele, apagarás o fogo da cólera, cerrando a porta ao incêndio da crueldade.

Por ele, estenderás a plantação da esperança, soerguendo almas caídas na sombra, para que retornem à luz.

Em casa, é a benção da paz, na lareira da confiança.

No trabalho, é música silenciosa incentivando a cooperação.

No mundo, é chamamento de simpatia.

Sorri para a dificuldade e a dificuldade transformar-se-á em socorro de tua vida.

Sorri para a nuvem, e ainda mesmo que a nuvem se desfaça em chuva de lágrimas nos teus olhos, o pranto será conforto do Céu, a fecundar-te os campos do coração.

Não te roga o desesperado solução do enigma de sofrimento que lhe persegue o destino. Implora-te um sorriso de amor, que renove as forças, para que prossiga em seu atormentado caminho.

E, em verdade, se os famintos e os nus te pedem pão e agasalho, esperam de ti, acima de tudo, o sorriso de ternura e compreensão que lhes acalme chagas ocultas.

Não condenes as criaturas que se arrogaram aos precipícios da violência e do crime. Oferece-lhes o sorriso generoso da fraternidade, que ajuda incessantemente, e voltar-se-ão, renovadas, para o roteiro do bem.

Sorri, trabalhando e aprendendo, auxiliando e amando sempre.

Lembra-te de que o sorriso é o orvalho da caridade e que em cada manhã, o dia renascente no Céu é um sorriso de Deus.



Autor: Meimei
Psicografia de Francisco Cândido Xavier


O espiritismo é a luz

Autor: Manoel Philomeno de Miranda (espírito), psicografia de Divaldo Franco.

“O Espiritismo se nos apresenta como o roteiro de segurança para o equilíbrio do espírito do homem. Desfazendo as ilusões da matéria e vencendo as sombras transitórias que vedam as visões do Mundo Espiritual, apresenta-nos as causas reais de cujos efeitos e somente neles, até agora, se há detido o pensamento da pesquisa tecnológica; suas asseverações rigorosamente filosóficas conseguiram avançar além da própria Filosofia no seu conjunto classicista, porque, em saindo da interrogação pura e simples, da indagação meramente vazia e das conjunturas da hipóteses, traz das realidades metafísicas as soluções morais e vitais para o enigma-homem, que se deixa de quedar perturbado pelas incógnitas diversas, para palmilhar a senda dos fatos, de cujo contexto extrai a realidade ontológica legítima que o capacita a avançar intimorato, embora as circunstâncias, condições e climas morais, sob cuja constrição evolui na direção do infinito. Sim, porque não são os homens que realizam espontaneamente incursões no além-túmulo, mas, e principalmente, os vitoriosos da sepultura vencida que retornam, cantando a ressurreição da vida após a lama e a cinza do corpo, a repetirem incessantemente a lição imorredoura do Cristo, na manhã gloriosa do domingo, logo após a sua morte, como Astro fulgurante, atestando desse modo a indestrutibilidade do espírito e, conseqüentemente, as sucessivas transformações da vida para atingir a sublimação. Religião do amor e da esperança, pábulo eucarístico pelo qual o homem pode comungar com a imortalidade, é o lenitivo para a saudade do desconforto ante a ausência dos seres amados que o túmulo arrebatou, mas não lhes conseguiu silenciar a voz; esperança dos padecentes que sofrem as ácidas angústias de hoje, compreendendo serem elas o resultado da própria insânia do passado, porém, com os olhos fitos na esplendorosa visão do amanhã, que lhes está nas mãos apressar e construir; praia de paz, na qual repousam em dinâmica feliz os nautas aflitos e cansados do trânsito difícil no mar das lutas carnais; santuário de refazimento através da prece edificante; escola de almas, que aprendem no estudo das suas informações preciosas e das suas lições insuperáveis a técnica de viver para fruírem a benção de morrer nobremente; hospital de refazimento para os trânsfugas do dever, que nele encontram o bálsamo para a chaga física, mental, moral; todavia, recebem a diretriz para amar e perdoar, a fim de serem perdoados e amados pelos que feriram e infelicitaram; ‘colo de mãe’ generosa é o amparo da orfandade, preparando-a para o porvir luminoso, já que ninguém é órfão do amor do Nosso Pai; abrigo da velhice, portal que logo abrirá de par-em-par a aduana da Imortalidade; oficina de reeducação onde a miséria desta ou daquela natureza encontra a experiência do trabalho modelador de caracteres a serviço das fortunas do amor; traço de união entre a criatura e o Criador, religando-os e reaproximando-os, até que a plenitude da paz possa cantar em cada criatura, à semelhança do que o Apóstolo das gentes afirmava: ‘Já não sou eu quem vivo, mas é o Cristo que vivem em mim’. (Gálatas, 2: 20).
As altas responsabilidades conseqüentes do conhecimento do Espiritismo, forjam homens verazes, cristãos legítimos. Neles não há campo para a coexistência pacífica do erro com a retidão, da mentira com a verdade, da dissimulação com a honestidade, da lealdade com a hipocrisia, da maledicência com a piedade fraternal, da ira com o amor... Compreendendo que ser espírita é traçar na própria conduta o comportamento do Cristo, a exemplo de todos aqueles que O seguiram, e consoante preceitua o eminente apóstolo Allan Kardec, o aprendiz da lição espírita é alguém em combate permanente pela própria transformação moral, elevação espiritual e renovação mental, com vistas à perfeição que a todos nos acena e espera.”

Livro: Nos Bastidores da Obsessão

Violetas na janela


O enredo do livro Violetas na Janela é narrado pela jovem já desencarnada, através de sua tia, que assina a psicografia e participa de diversas passagens do mesmo.
Segundo a psicografia, Patrícia, após a morte, foi resgatada por "amigos espirituais" que a levaram para a colônia espiritual chamada Colônia São Sebastião, que segundo os espíritas é uma das colônias espirituais situadas sobre a cidade de São Sebastião do Paraíso.
Patrícia reencontra no plano espiritual Amaziles (sua avó) e um grande amor de outras vidas, Frederico, além das entidades Arthur, Maurício e Antônio Carlos, que ajudam Patrícia a se adaptar à vida na colônia.
Patrícia aprende a controlar a saudade durante suas visitas ao antigo lar e mandar recados para os entes queridos através da psicografia de sua tia Vera.
Patrícia ouve conselhos de diversos moradores desencarnados da colônia e depoimentos de suas vidas pessoais quando encarnados na Terra, passa a ajudar Frederico em seu consultório e logo é convidada pelos seus amigos a trabalhar em favor de pessoas recém desencarnadas no centro espírita presidido por seu pai, José Carlos.
O Sucesso 
* Violetas na Janela tornou-se um best-seller brasileiro.
* Em 1997 a editora vendera 300 mil cópias e em 2004 as vendas passaram para um milhão de cópias.
* A médium Vera Lúcia Marinzeck de Carvalho doa os direitos do livro para entidades carentes de valor reconhecido pela sociedade.
* O sucesso do livro culminou na adaptação da história para o teatro. Violetas na janela tornou-se fenômeno de bilheteria no Rio de Janeiro e em diversas cidades do Brasil.
Polêmica 
Algumas passagens do livro, descritas por Patrícia não são aceitas por uma parte dos intelectuais espíritas, que argumentam falta de provas teóricas e doutrinárias. A passagem que mais causou polêmica é o capítulo em que o espírito afirma que foi ao banheiro em seu alojamento na colônia São Sebastião.

Uma parte dos espíritas não concorda com tal afirmação, pois segundo eles, não existe histórico de tal acontecimento por parte dos milhares de espíritos que contribuíram com Allan Kardec, o codificador da Doutrina Espírita, na produção dos livros O Livro dos Espíritos, O Evangelho Segundo o Espiritismo, Livro dos Médiuns entre outros que servem de pilar de sustentação para a abordagem teórica dos praticantes da religião.

Acessar o Audiobook

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

CONTRA AS DROGAS.


Caros amigos, devido ao grande interesse de muitos, publico novamente para que todos possam
ter acesso.

Obrigado pela compreenção e fiquem com Deus.


PUBLICO MAIS UM ARTIGO ENVIADO POR NOSSA COLABORADORA MARCIA.

POR FAVOR, LEIAM!!
PASSEM ADIANTE. ALGUÉM PODE ESTAR PRECISANDO MUITO DESSA AJUDA.
FIQUEM COM DEUS
Semana passada fiquei sabendo que um grande amigo estava internado em uma clinica de recuperação para alcoólatras.



Sofremos muito, mas com a graça de Deus recebemos um presente de Deus. Fomos informados sobre uma clinica em São José do Rio Preto para estes dois tipos de tratamento.


São 3 vacinas que o alcoólatra ou o drogado precisa tomar e entre cada uma delas precisa haver o intervalo de 60 dias.

O paciente não precisa ficar internado, pois JÁ NA PRIMEIRA DOSE DA VACINA ELE PARA DE BEBER OU USAR A DOGRA IMEDIATAMENTE.



Parece conto de fadas, não é?



MAS SAIBAM QUE FUNCIONA MESMO



ESTES 2 PARENTES MEUS PARARAM ASSIM QUE RECEBERAM A VACINA



Quando soube sobre a internação de meu amigo, entrei na internet para encontrar a tal da clinica em São Jose do Rio Preto.


Vocês acreditam que eu demorei 4 HORAS para achá-la?


Nem com sobrenome do médico eu consegui encontrar informações.

Uma informação tão preciosa como esta e não haver NADA na internet?


O que me fez passar 4 HORAS em frente ao computador até encontrar, foi unicamente o fato de saber que a vacina realmente existe, a clinica é seriíssima e minha família foi salva por ela.


Se eu não tivesse VIVENCIADO ESTA GRAÇA em minha própria família, teria desistido nos primeiros minutos... (Fico pensando quantos já não desistiram, meu Deus...).

Quando entrei no site notei que a clinica é bastante discreta ao falar sobre o tratamento e que provavelmente, para aqueles que não conhecerem o trabalho deles realmente, nem devem colocar muita fé.

Imaginem se todos os alcoólatras resolverem parar de beber e todos os drogados decidirem parar de consumir drogas. O que será que irá acontecer?

Pela experiência que tive em casa, NÃO HÀ QUALQUER EFEITO COLATERAL. (E mesmo se houvesse, valeria à pena tentar, pois para famílias que sofrem com o alcoolismo ou com as drogas, a família inteira está destinada a morte...)

Vou colocar abaixo as informações sobre a clinica e, por favor meus amigos, repassem para o maior numero de pessoas que vocês conseguirem.




SOMOS RESPONSÁVEIS UNS PELOS OUTROS PORQUE SOMOS TODOS IRMAOS.


O PROPRIO JESUS DISSE ANTES DE VOLTAR PARA O CÉU:

“O QUE FIZEREM PARA O MAIS PEQUENINO DE TODOS, É POR MIM QUE ESTARÃO FAZENDO”




VAMOS NOS AJUDAR... NÓS PODEMOS E NÓS DEVEMOS.


Clinica Médica Dr. Toufik Rahd

Rua Coronel Spinola de Castro – São José do Rio Preto – SP

(017) 21392699 (017) 21392699









segunda-feira, 8 de agosto de 2011

MENSAGEIROS DE LUZ


PROGRAMAÇÃO DE ANIVERSÁRIO - 10 ANOS - 2001/2011
LIVRARIA ESPÍRITA MENSAGEIROS DE LUZ
A Livraria Espírita Mensageiros de Luz comemora em agosto, 10 Anos de atividades divulgando a Doutrina Espírita e apresenta seguinte programação de aniversário:
TARDES DE AUTÓGRAFOS
13/Agosto/11 - sábado - das 14:00 às 17:30h
- A médium e divulgadora da Doutrina Espírita, Maria Nazaré Doria estará autografando o Romance Mediúnico "Vozes do Cativeiro" recebido do espírito Pai Miguel de Angola e publicado pela Editora Lumen.
27/Agosto/11 - sábado - das 14:00 às 17:30h
- A médium e divulgadora da Doutrina Espírita Eliana Machado Coelho estará autografando o Romance Mediúnico "Mais Forte do que Nunca" , recebido do espírito Schellida e publicado pela Editora Lumen.
As tardes de Autógrafos ocorrerão na Livraria Espírita Mensageiros de Luz
Nota - os livros a serem autografados estão no Clube do Livro Espírita Mensageiros de Luz por apenas R$ 18,00 aos seus associados
SHOW MUSICAL ESPÍRITA
Sensacional Show Musical com os artistas e divulgadores da Doutrina Espírita: Paula Zamp, Allan Vilches e Vansan
14/Agosto/11 - domingo - Das 18:00 às 20:30h
Local - Teatro Municipal de Osasco - av. dos Autonomistas, 1.533 - Campesina - Osasco - SP
Ingresso - Você troca 01 livro espírita (novo) por um ingresso do Evento na Livraria Espírita Mensageiros de Luz
NOTA - Haverá comercialização de CD's da Paula, do Allan e do Vansan
INGRESSOS ESGOTADOS
Nota - os livros serão posteriormente doados a Biblioteca Municipal de Osasco, Biblioteca de Casas Espíritas e de Instiuições Prisionais.
PINTURA MEDIÚNICA
A Médium pictógrafa Tania Massucatti, estará efetuando pintura mediúnica em contra capa de livros adquiridos no dia do Evento. Você adquire um livro e recebe gratuitamente em sua contra capa, uma pintura mediúnica personalizada.
20/Agosto/11 - sábado - das 14:00 às 18:00h
Local - Livraria Espírita Mensageiros de Luz
_______________________________
PEÇA TEATRAL ESPÍRITA "HERDEIROS DO NOVO MUNDO"
27/Agosto/11 - sábado - 19:00h
A Companhia Operários do Palco, encenará a Peça Teatral Espírita "Herdeiros do Novo Mundo", baseada no livro de mesmo nome do Espírito Lucius e psicografado pelo Médium André Luiz Ruiz.
Local - Teatro Municipal de Osasco - TMO - Av. dos Autonomistas, 1.533 - Campesina - Osasco
Ingresso - Antecipado R$ 20,00(inteira e 1/2 entrada)
Dia do Evento R$40,00(inteira) e R$ 20,00(1/2 entrada)
Aquisição - Livraria Espírita Mensageiros de Luz - R.José Cianciarulo, 89 - Centro - Osasco - SP - tel. 11 3682 6767 - 11 3448 7386
Nota - Para cada ingresso vendido pela Livraria Espírita, R$ 2,50 serão destinados a AMAMOS-Associação de Munícipes para o Amparo ao Menor Osasquense - www.amamos.org.br
_____________________________________
CONSULTE O SITE DA LIVRARIA ESPÍRITA MENSAGEIROS DE LUZ
Saiba dos Eventos que estão ocorrendo na Região de Osasco-SP - palestras, tardes de autógrafos, peças teatrais espíritas, pinturas mediúnicas e Eventos sociais das Casas Espíritas.
Adquira ótimos livros espíritas com excelentes preços através de nossa loja virtual.
________________________________________________
CLUBE DO LIVRO ESPÍRITA – AGOSTO/11
PROMOÇÃO IMPERDÍVEL – LIVROS NOVOS/LANÇAMENTOS APENAS r$ 18,00
Atualmente o clube possuí mais de 200 títulos
Beraldo - Livraria Espírita Mensageiros de Luz - R. José Cianciarulo, 89 – Centro – Osasco
Contate-nos - tel. 3682 6767 - 3448 7386 e-mail – mensageirosdeluz@hotmail.com
Horário de Atendimento - Segunda a Sábado das 08:30 às 19:00h - Aceitamos todos os cartões de crédito/débito
Lançamentos de Agosto/11 - R$ 18,00 o exemplar

UNIÃO ESPÍRITA MINEIRA


III Seminário - Terra: A Vinha do Senhor - Dia e Horário: 07 de agosto de 2011 de 14h00 às 18h00.
A União Espírita Mineira convida para o III Seminário Terra: A Vinha do Senhor
Que esse ano terá como tema os "150 anos de O Livro dos Médiuns"
Maiores Informações: 31 3201-3038
Tema: Mediunidade: 150 Anos de O LIVRO DOS MÉDIUNS
Expositores: Afonso Chagas Corrêa e Willian Incalado Marquez
Local: UNIÃO ESPÍRITA MINEIRA - Sede Histórica - R. Guarani, 315 - Centro - Belo Horizonte-MG - Realização: União Espírita Mineira - http://www.uemmg.org.br
A União Espírita Mineira convida para o III Seminário Terra: A Vinha do Senhor que esse ano terá como tema os "150 anos de O Livro dos Médiuns".

Maiores Informações:
31 3201-3038

Tema:
Mediunidade: 150 Anos de O LIVRO DOS MÉDIUNS

Dia e Horário:
07 de agosto de 2011.
14h00 às 18h00.

Local:
UNIÃO ESPÍRITA MINEIRA - Sede Histórica
R. Guarani, 315 - Centro - Belo Horizonte-MG
http://www.uemmg.org.br

DIVULGAÇÃO ESPÍRITA


Posted: 06 Aug 2011 10:27 AM PDT
disse, Chico, SeráDesencarnado em 2002, nosso querido médium Chico Xavier, exemplo de amor e caridade, tem sido utilizado pelas pessoas para justificar as mais intrigantes revelações, que estão a abarrotar nossa caixa de mensagens na internet, assim como fazendo estardalhaço na mídia impressa e on-line, revelações… [Ver matéria Será que o Chico disse? completa]


Por Cláudio Luciano- Palestrante Espírita

Posted: 06 Aug 2011 10:04 AM PDT
É, Isto, Revista, NADA, MERECE, NÃO, VOCÊ, FILHOA crença de que a felicidade é um direito tem tornado despreparada a geração mais preparada. . . . ELIANE BRUM.  . Ao conviver com os bem mais jovens, com aqueles que se tornaram adultos há pouco e com aqueles que estão tateando para virar gente grande, percebo que estamos diante da geração… [Ver matéria completa]


Por Casa Espírita Suave Caminho

Posted: 06 Aug 2011 06:41 AM PDT
Áudio, Feitosa, Nazareno, Palestra, cristo, Emissário, Assis, FranciscoComovente palestra de Nazareno Feitosa sobre a vida de Francisco de Assis. Baixar o áudio da palestra aki ou 2 Opção. . . [Ver matéria completa]


Por Verdade Espírita Momento Espírita

Posted: 06 Aug 2011 05:25 AM PDT
PERSONALISMO. O personalismo de caráter religioso é um dos entraves mais sérios à evolução do espírito. O Espiritismo não prega sectarismo de qualquer espécie. Não nos esqueçamos das palavras que o Senhor dirigiu aos apóstolos, quando se havia estabelecido discussão acerca de quem, entre eles, no Reino… [Ver matéria PERSONALISMO completa]


Por Associação Espírita Seareiros Do Bem

Posted: 06 Aug 2011 02:15 AM PDT
CRISTO, FABIANO, RECEBE, MÉDIUM, PADRE Padre Miguel Fernandes Martins – Foto Cidade Verde. . PADRE MIGUEL FERNANDES MARTINS. . . Você já ouviu falar de um padre, católico obviamente, que é médiium, que assume a sua mediunidade, que se identifica como um PADRE ESPÍRITA, que lê livros espíritas, na missa inclusive, que vende livros… [Ver matéria completa]


Por C.E.A.C. Filhos do Peregrino

Posted: 06 Aug 2011 01:41 AM PDT
ESSÊNCIA, SUBSTÂNCIA.                 Meu dileto amigo e colega Mário Cavalheiro Lisbôa sustenta que, nesta vida ninguém muda (A conduta humana – ZH 5/6). Mas, ressalva referir-se à substância da pessoa. Talvez tenha razão… [Ver matériaA SUBSTÂNCIA E A ESSÊNCIA completa]


Por CENTRO CULTURAL ESPÍRITA DE PORTO ALEGRE

Posted: 06 Aug 2011 12:25 AM PDT
Perdão, pessoas, Dê     Este é,por certo,um comportamento dos mais difíceis de se assumir. Já jesus,em diversas passagens dos Evangelhos,insistiu na necessidade de perdoar. O perdão é um parente muito chegado do ódio e o ódio é o cancro da alma. Por isso deixar de perdoar alguém é estimular o… [Ver matéria completa]



PALESTRA E DÚVIDAS


amigos,
Hoje, às 21 horas tem programa ao vivo na Rede Amigo com Wellington Balbo (Bauru-Sp) falando sobreSUICIDIO, e na terça as 21 horas o expositor José Antonio(Catanduva-SP) responderá perguntas da enquete que está vencendo
Nosso Lar - O que André Luiz pretende nos ensinar? na sala Falando Espiritismo na Rede Amigo,
participem enviem suas perguntas a ambos, basta deixa-las no Grupo Tirando Dúvidas, basta colocar o nome do orador, que estaremos repassando a eles

abraços fraternos 

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

PRECE DO AMANHECER

Prece do Amanhecer
Senhor,

no início deste dia, abro-me à Tua Paz, à Tua Sabedoria, à Tua Força e ao Teu Amor.
Quero ser compreensivo, manso e prudente.
Quero ver além das aparências, Teus filhos com TU os vês, registrando, assim, apenas o bem em cada um deles.
Cerra meus ouvidos a toda calúnia, guarda meus lábios de toda maldade.
Que só de bençãos se encha meu Espírito, que eu seja tão bondoso e alegre que todos que se aproximem de mim sintam a Tua Presença.
Reveste-me com Tua beleza e que, no transcurso deste dia, eu Te revele a todos.

PALESTRAS

Posted: 04 Aug 2011 05:15 PM PDT
URE-MO, Unificação, EncontroEsses grupos, correspondendo-se entre si, visitando-se, permutando observações, podem, desde já, formar o núcleo da grande família espírita, que um dia consorciará todas as opiniões e unirá os homens por um único sentimento o da fraternidade, trazendo o cunho da caridade cristã. Allan…[Ver matéria completa]


Por União Regional Espírita Metropolitana Oeste do Par

Posted: 04 Aug 2011 08:19 AM PDT
Agosto, Quinzena, FEP, PalestrasPalestras da primeira quinzena de Agosto/2011 promovidas pela Federação Espírita Pernambucana, com base nos Evangelhos de Jesus e nas Obras da Codificação Espírita organizadas por Allan Kardec. Local Auditório da FEP———————————————————————-Segunda,… [Ver matéria completa]


Por Cláudio Luciano- Palestrante Espírita

Posted: 04 Aug 2011 07:49 AM PDT
Petrolina, Espíritas, Centros, IntercâmbioA Federação Espírita Pernambucana (FEP) promoverá encontro com os centros espíritas do Sertão, com sede na Cidade de Petrolina. . O Intecepe – Integração dos Centros Espíritas de Pernambuco será realizado nos dias 16 e 17 de julho 2011, nas dependências da FACAPE – Faculdade de Ciências… [Ver matéria completa]


Por Cláudio Luciano- Palestrante Espírita

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

EM GOIÁS

Nazareno Feitosa e Adão Nonato participam de evento em Anápolis, GO

Em comemoração aos 63 anos do Centro Espírita Amor e Caridade, uma programação especial foi preparada, contando com a participação de Nazareno Feitosa, de Brasília, nos dias 6 e 7 de agosto, e de Adão Nonato, de São Paulo, nos dias 20 e 21 de agosto.

http://www.espiritismo.net/content,0,0,2128,0,0.html

MAIS UMA PRODUÇÃO NO CINEMA

O livro "Falando com os Mortos", que relata a história das irmãs Fox, vai virar filme!

A Cinética Filmes, do roteirista Wagner Assis e a Migdal Filmes, da cineasta Iafa Britz compraram os direitos do livro de autoria de Barbara Weisberg. A obra conta a história real das irmãs Kate e Maggie Fox (1848) que movimentaram a sociedade ao revelar que conseguiam se comunicar com espíritos. O projeto já está em desenvolvimento.

Informações: www.cineticafilmes.com.br

terça-feira, 2 de agosto de 2011

PENSAMENTO LOGOSÓFICO - INTERESSANTE

A ajuda que se pede a Deus nos momentos de aflição

Por Carlos Bernardo González Pecotche (Raumsol)
OLIVÉRIO: – Como se deve interpretar o fato de uma pessoa, no paroxismo do desespero, por exemplo, invocar a Deus e receber, em seguida, o auxílio divino que acalma sua agitação e lhe permite resistir com maior serenidade e inteireza ao momento crucial que esteja vivendo? Recebe ela de verdade essa ajuda? Seria apenas uma consequência do in­fluxo divino da religião que professa? E, se for assim, como se explica que o mesmo bem seja alcançado com igual prodigalidade pelos que não professam religião alguma? É este um mistério no qual eu gosta­ria de penetrar.
PRECEPTOR: – É comum observar que ninguém ou muito poucos se recordam de terem um espírito que anima a vida, o qual permanece quase estático enquanto o ser físico age movido somente pelas necessidades de ordem rotineira que a vida corrente lhe apresenta, sendo muito raras as vezes em que esse espírito tem oportunidade de comovê-lo com outros objetivos. E é precisamente nesses momentos de aflição que atormentam o ser, que aparece delineando-se uma das formas mais atraentes e sugestivas do espírito, pois este se manifesta na própria sensibilidade, respondendo ao clamor da angústia. Esse simples fato reconforta e suaviza as durezas do transe amargo, permitindo recobrar a serenidade e, depois, a calma perdidas.
Não se deve, pois, atribuir isso a nenhum milagre, nem se enganar com a crença de que se teve algum auxílio particular, oriundo da Divina Providência. Nada irrisória seria a tarefa do Criador se, pela mera invocação de cada uma das criaturas humanas, devesse Ele atender a suas demandas de auxílio. Diferentemente disso, devemos pensar que no próprio espírito do ser é onde existem recursos aos quais sem saber se apela, ao se dirigir a Deus nos momentos mais álgidos da vida.
OLIVÉRIO: – Acho inteiramente lógico o que o senhor acaba de manifestar; vejo ago­ra que a criatura humana não é tão desvalida como se acredita, já que, até mesmo nos transes mais difíceis de sua vida, ela encontra a seu alcance o recurso salvador.
PRECEPTOR: – É mesmo assim; e se você compreende bem isso, verá então como provém de Deus, sem dúvida alguma, a grande ajuda recebida em tais circunstâncias. Mas é ali, precisamente, que reside o mistério: no fato de fazer chegar até nós esse auxílio por via indireta, ou seja, por intermédio de nosso próprio espírito, que é quem fortalece nosso ânimo, fazendo-nos experimentar não só a realidade de sua existência, mas também o rigor de sua censura, ao compreendermos que não devemos tê-lo em tão pouca conta, quando já se viu a importância que ele assume toda vez que procuramos nos elevar na busca de um consolo para nossa aflição, ou de uma luz que ilumine a vida ensombrecida pelo sofrimento.
Seria um erro pensar que, na emergência citada, Deus teria intervindo pessoalmente, e absurda é também a pretensão de crer que foi uma intervenção em particular, ao se sentir o alívio almejado. Fica bem claramente mostrado que existe no Grande Ser uma onisciência que abarca todos os âmbitos de sua Criação, achando-se o espírito, portanto, consubstancia­do com essa força universal que obedece às leis cria­das pela Inteligência Suprema. Um episódio da natureza do exposto não tem, pois, a menor repercussão cós­mica, como não teriam para nós repercussão de transcendência alguma os gritos de um pintinho que, fugindo de um perigo, se salvasse inesperadamente.
Trechos extraídos do livro Diálogos, p. 102

NOVELAS ESPÍRITAS

Agosto | 2011     1ª QUINZENA
Espiritismo será tema de novas novelas da Globo
Dando continuidade ao êxito da divulgação espírita em filmes, minisséries, a Rede Globo lançará, em breve, mais duas novelas com a temática espírita. Segue, com isso, o sucesso de outras obras já exibidas como "O Profeta" e "Escrito nas Estrelas", naquela mesma emissora. A primeira prevista terá o nome de "Aquele Beijo" e deve estrear ainda no primeiro semestre do ano que vem. Já a segunda, ainda sem nome definido, deve estrear em março ou abril de 2012, conforme divulgado no sitehttp://mundonovelass.blogspot.com

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

O SEMEADOR DE ESTRELAS

A bem humorada e emocionante vida de Divaldo Franco
S I N O P S E:
Como seria dedicar uma vida inteira aos outros? Como seria a vida de uma pessoa como a Madre Teresa de Calcutá, ou de Ghandi? Jamais pensar em si, no seu próprio conforto ou, o que é mais difícil, ter o seu próprio tempo?
O Brasil tem um homem assim, que poucos conhecem: Divaldo Pereira Franco.
Autor de mais de 150 livros, traduzidos para 14 idiomas, ele é o maior palestrante espírita do mundo.
Na sua casa de Caridade em Salvador-Bahia, A Mansão do Caminho, cuida de quase três mil crianças, uma obra social modelo para o resto do país. A história de sua vida é interessantíssima, cheia de casos engraçados e emocionantes, surgidos de sua mediunidade poderosa.
Esta peça é o retrato de um homem que precisa ser reconhecido pela sua própria gente.

Um espetáculo musicado.

Com: RENATO PRIETO, SYLVIA D’SILVA , ROSANA PENNA , PAULO PAIXÃO

TEXTO: CYRANO ROSALÉM DIREÇÃO: RENATO PRIETO
MÚSICA: Cayê Milfont
FIGURINOS: Anete Cota
ILUMINAÇÃO: Márcio Boti

Classificação livre

www.renatoprieto.com.br
http://renatoprieto.wordpress.com