Total de visualizações de página

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

A alegria de viver !

de Olegário Mariano





Para a alegria de viver nada nos falta:

Sol, natureza clara e sinos a tocar,

Nuvens imateriais na montanha mais alta,

Ondas desenrolando a planura do mar;



O céu tranqüilo e azul que a madrugada esmalta,

O alvoroço de amor de ninhos soltos no ar.

E a água que da montanha entre begônias salta

E, em cambiantes de luz, forma um riacho a cantar.



O vento que sussurra, o silêncio que espreita,

Vôos de pombas numa apoteose de penas,

Tudo em torno de nós é tão puro e tão bom,



Que a criatura feliz, em divina colheita,

Enche as mãos sem querer… (como as mãos são pequenas!)

De perfume, de sol, de cor, de luz, de som.