Total de visualizações de página

segunda-feira, 14 de junho de 2010

JOANNA DE ÂNGELIS

Entregar-se ao fervor do bem expulsa d'alma


as artimanhas da inferioridade espiritual.



Fazei luz íntima e os receios fundados

baterão em retirada.



A responsabilidade dar-te-á motivos para

preocupações, enquanto o medo minimizará

as tuas probabilidades de êxito.



Jesus, culminando a tarefa de construir

nos tíbios corações humanos a ventura e a

paz, açodado pelos famanazes da loucura em

ambos os lados da vida, inocente e pulcro,

não temeu nem se afligiu, ensinando como

deve ser a atitude de todos nós, em relação

ao que nos acontece e de que necessitamos

para atingir a glorificação interior.



Joanna de Ângelis (espírito) / psicografia de Divaldo Franco

Obra: Leis Morais da Vida